132/365 CHAVELA

Uma das coisas maravilhosas do cinema, principalmente do documentário, é descobrir grandes histórias de pessoas que existem, estão mais perto do que pensamos e nunca tínhamos ouvido falar.

Chavela é um documentário sobre a grande dama mexicana e intérprete da música ranchera, Chavela Vargas.

Eu confesso que por uma parte significativa da minha vida eu ouvia e gostava muito de bolero, ranchero, tango e muita música dramática latina.

Isso faz tempo, meio que em outra vida, e talvez por esse espaço de tempo eu não me lembre se já tinha ouvido Chavela.

Nascida em 1919, Chavela sofreu todo tipo de preconceito possível por ser lésbica e por querer ser uma cantora de ranchero, um ritmo 100% masculino, no México, um país católico, latino, subdesenvolvido e preconceituoso como a gente pode muito bem imaginar.

Diz o filme que ela era lindíssima, com uma voz maravilhosa, intérprete como poucas, ou melhor, como nenhuma antes dela.

E com outros dois atributos bem pessoais: ela amava tequila e amava as mulheres bonitas, quem quer que fossem, héteros, casadas, solteiras, lésbicas.

Chavela bebia como poucas, cantava como ninguém e pegava quem ela queria, como ela mesma diz no filme.

As histórias que contam sobre seus amores, suas paixões, as tantas esposas de políticos que ela foi amante, são tão boas e tão relevantes como sua história de vida antes de ser famosa e também a história de sua carreira de superstar mexicana.

Mas confesso que eu ficava mais feliz, assistindo o filme, quando ouvia as histórias de suas paixões, de como ela era sedutora e de como, por exemplo, ela entrou na lista negra de uma gravadora grande mexicana porque foi amante da namorada do diretor artístico e ele descobriu.

O bom do filme é que, além de ter uma personagem principal ótima, com uma história de vida como nunca se viu, Chavela é bem dirigido e muito bem montado, o que dá um ritmo todo próprio ao documentário.

E de lambuja ainda tem Pedro Almodóvar, um de seus fãs mais famosos.

Imprescindível se você gosta de música e de vidas muito, mas muito interessantes.

NOTA 🎬🎬🎬🎬1/2

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s