122/2020 WHY DON’T YOU JUST DIE

Demorou mais de 30 anos, mas fizeram um primo irmão do Delicatessen e, quem diria, veio diretamente da Rússia: lindo, tosco e violento até o último fio de cabelo grudado numa televisão a válvula.

Why Don’t You Just Die é um absurdo de bom, uma comédia desgraçada de sarcástica, com os dois pés enfiados em poças de sangue de horror tudo isso sem se levar a sério demais.

O filme “cult” perfeito que começa com um cara tocando a campainha de um apartamento, com um martelo na mão esquerda para trás, meio que escondida e ao ser atendido por um careca grandalhão a gente nem imagina o que vem pela frente.

O grandão parece ser o pai da namorada do loirinho e já nos primeiros minutos do filme a gente descobre porque ele carrega o tal do martelo.

O título do filme em português seria Por Que Você Não Morre e é isso que acontece na próxima 1 hora e meia de filme, uma briga sem fim, violenta de dar dor nos dentes de assistir, com requintes explícitos de crueldade e humor, quase na mesma proporção.

E que apesar de toda a violência horrorosa, o povo não morre.

Ao comparar Por Que Você Não Morre com o clássico “estúpido” francês Delicatessen, quis dizer que a estética aparentemente pobre e tosca, os closes, os detalhes, os planos de câmera inesperados são praticamente os mesmos, revistos décadas depois.

Da camiseta do Batman as imagens sacras na parede.

Mas eu considero o filme, ou seu diretor, o estreante Kirill Sokolov, um filhote de Almodóvar com o anglicismo e a técnica apurada do Guy Ritchie e o humor dos dois bem misturado e escarrado.

E olha que o casamento é perfeito.

Por Que Você Não Morre é foda demais, com a ação toda de um personagem tentando matar o outro (e quem por ventura aparecer em suas frentes) dentro de um apartamento verde e vermelho e azul e amarelo (oi Almodóvar) extremamente bem dirigido.

Todo o engraçadão do filme vai te levando para um cantinho relax quando de repente todo o gore e sangue começam a explodir na tela e você não tem para onde fugir, porque o cantinho era uma armadilha de roteiro preciosa.

É o filme que nos primeiros 15 minutos você já sabe se vai conseguir assistir o resto ou não.

E esse é o melhor dos elogios.

NOTA: 🎬🎬🎬🎬1/2

2 pensamentos sobre “122/2020 WHY DON’T YOU JUST DIE

  1. Taí outro filme fodástico que nunca vi ninguém mencionar em sites de crítica! assisti ontem e é fenomenal de divertido! roteiro um pouco previsível, no meio do filme a gente já deslindou o caso, mas não estraga em nada a história! Achei que o filme é um filho bonito do Cães de Aluguel do Tarantino, e se não me enganei, tem uma homenagem ao final do Bill de Kill Bill, quando Yevgenich dá seus últimos passos, (note que a música é semelhante) também o duelo de “o bom o mau e o feio” e o martelo parece uma referência ao filme do Oldboy. E deve ter muito mais!
    *PS o ator que faz o Andrei achei parecido logo de cara com o Sargento Pincel e não consegui desver mais, hahahaha

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s