148/2020 TE QUIERO, IMBÉCIL

Lá vem a Netflix de novo nos oferecendo filme espanhol ruim.

Tô chegando a conclusão que a Netflix na Espanha é tipo a Globo aqui que só produz comédia porcaria.

Logo a gente vê a Gloria Pires falando espanhol.

Te Quiero, Imbécil é o cúmulo do filme errado.

A história do cara que leva o pé na bunda da namorada e resolve se reinventar com absolutamente todos os clichês e estereótipos que venham juntos leva o prêmio de porcaria espanhola do pandemia.

Ele começa o filme um magrelo desengonçado que não chamava a atenção de absolutamente ninguém e de repente vira um saradaço, “bem vestido”, barbudinho, cool, desejado por todoxs e com um emprego dos sonhos.

A única coisa interessante disso é ver o que é considerado cool na Espanha, o conceito deles de um homem bacana e gato e gostoso em 2020.

No meio disso ele reencontra uma amiga da escola que não vê há 15 anos e ela vira um de seus gurus na transformação, já que ela é cool, tem cabelo colorido, é cantora, morou em Londres e é tatuadora.

Ele ainda gosta da ex, quer comer a mulherada que vai encontrar no tinder, não tem traquejo e a gente sabe desde o início como tudo termina.

Só que a diretora faz questão de usar recursos conhecidos de várias outras comédias românticas famosinhas sem ter o menor talento pra homenagear, então fica tudo parecendo cópia ruim.

Nem preciso dizer mas vou, né: fuja como um bolsominion de livros de história.

Coloquei o trailer dublado porque se você resolver assistir, aconselho ver dublado enquanto sei lá, limpa o banheiro.

NOTA: 🎬

3 pensamentos sobre “148/2020 TE QUIERO, IMBÉCIL

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s