045/2021 O CHARLATÃO

O Charlatão é o filme da República Tcheca que concorre a uma vaga para disputar o Oscar de melhor filme internacional em 2021.

Dirigido pela mestra polonesa Agnieszka Holland, O Charlatão conta a história do infame herbalista e “curandeiro” tcheco Jan Mikolášek que em sua vida curou centenas, senão milhares de pessoas usando chás e unguentos e fazendo os diagnósticos a partir da urina de seus pacientes.

Ele começou seu estudo das ervas logo após o final da Primeira Guerra Mundial, passou incólume pelo nazismo, muito por ter diagnosticado doenças de oficiais de altas patentes, sempre feitos com todo sigilo mas que durante o comunismo soviético, foi preso por ter “envenenado” dois membros do partidão.

Obviamente, condenado sem provas.

Jan ainda tinha um segredo: ele era gay.

Por isso teve um casamento infeliz que não durou muito, o que sempre foi uma incógnita para quem o conhecia, já que à época se ele dissesse alguma coisa seria preso na hora.

Em certa altura de sua vida, encontrou em seu assistente Frantisek Palko (Juarj Loj), o grande amor de sua vida, com quem viveu até a prisão de ambos.

A vida de Jan é das mais incríveis, mostrando que o tanto de homem bom, que se preocupava com a vida das pessoas, tentava salvar todo mundo como podia, era um homem bem difícil de lidar, quase impossível de se conviver.

O Charlatão é daqueles filmes biográficos que sempre me deixam muito interessados pela vida de seus personagens principais, ainda mais em um filme dirigido pelas mãos precisas de Agnieska.

Ela é uma diretora clássica, que sabe exatamente onde colocar sua câmera, como iluminar cada cenas, como direigir cada personagem, sem preguiça, sem mesmice, surpreendendo a cada filme que lança.

Agnieszka Holland está no nível de mestres do cinema vivos como Polanski, Woody Allen, Konchalovsky, que quando erram é por motivos tão bobos que a gente costuma dizer que um filme ruim de um desses diretores é melhor do que 90% do cinema lançado no ano.

O Charlatão é mais um desses acertos, um filme de quase 2 horas que te deixa querendo mais quando termina.

Obrigado sempre, Agnieszka Holland.

NOTA: 🎬🎬🎬🎬1/2

2 pensamentos sobre “045/2021 O CHARLATÃO

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s