051/2021 EU ME IMPORTO

Que filme delicioso que é Eu Me Importo

O filme da Netflix, estrelado pelos sempre ótimos Rosamund Pike e Peter Dinklage não é o filme totalmente subversivo que poderia ter sido e talvez não funcionasse tanto.

Mas o filme é construído direitinho através de um roteiro sem um único furo, escrito e dirigido brilhantemente pelo inglês J. Blakeson que tira o máximo de seu elenco inteiro que conta com outro nome de peso, a oscarizada woodyalenniana Dianne Wiest, mostrando todas as camadas (e olha que são várias) de seus personagens que são fofos e umas desgraças, como gente do mundo real.

Muito bem fotografado, com cenas violentas lindíssimas, iluminadas com maestria, o filme conta a história de uma mulher picareta (Pike) que através de um esquema fraudulento e de buracos na legislação dos EUA, ela consegue a tutela de pessoas idosas que vivam sozinhas e que tenham dinheiro, casa própria e um detalhe importante, que não tenham família que possa contestar essa decisão judicial.

Tendo essa tutela, Marla Grayson coloca esses velhinhos em instituições cujos donos sejam seus cúmplices, tira seus meios de comunicação com o mundo externo e faz a festa com o que essas pessoas tinham, já que agora ela pode cuidar de seu patrimônio.

Até que um dia ela interna uma tal de Jennifer Peterson (Wiest) e ao começar a vender tudo que ela tem, descobre escondido um saquinho cheio de diamantes.

Ao mesmo tempo que ela fica feliz e se sente milionária, Marla e sua esposa/cúmplice Fran acham que alguma coisa pode dar errado.

Elas só não esperavam que a partir disso, suas vidas fossem virar de cabeça pra baixo com a entrada em cena de Roman Lunyov (Dinklage), o mafioso que deixa as duas bandidinhas no chinelo.

Eu Me Importo é o filme que eu precisava ver e nem sabia.

É um drama de dar raiva mas é divertido, quase beirando uma comédia dos irmãos Coen só que aundao a gente acha que vai se acabar de rir, vem uma onda de sequências de quase horror que tira o nosso chão.

Eu Me Importo é o filme que poderia ser cheio de reviravoltas de roteiro e de maneirismos que o jogariam em uma categoria tosca mas pra nossa sorte, o diretor Blakeson sabe melhor que tudo isso.

Imperdível.

NOTA: 🎬🎬🎬🎬

2 pensamentos sobre “051/2021 EU ME IMPORTO

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s