171/2021 4 DIAS A TEU LADO

Four Good Days, o novo filme da Glenn Close, é mais um tiro n’água da musa de Hollywood.

Nós sabemos o quanto o cinemão americano é cruel com atrizes mais velhas, apesar das coisas estarem começando a mudar mesmo, mas a Glenn, tadinha, só escolhe roteiro meia boca que dá em filme ruim.

Neste dramão, ela é Deb, mãe de Molly (Mila Kunis), uma junkie em final de vida, já sem mais nenhum dente na boca, que usa o que aparecer na frente em matéria de opióides, de heroína e o maldito oxi americano, ao fundo do poço do crack.

Mais uma vez a filha volta para casa da mãe pedindo ajuda, que já calejada, não a deixa entrar e manda que ela volte limpa.

Mas a possibilidade de se limpar totalmente é tomar um medicamento novo que para tal, precisa passar só 5 dias sem usar droga nenhuma.

Nada.

Zero.

Molly se compromete, Deb acredita e os próximos 4 dias terão que ser não só bons, mas os melhores.

O filme dirigido pelo Rodrigo Garcia, filho do Gabriel Garcia Marquez, que sonha em ser um Cassavetes mas passou longe disso.

4 Dias A Teu Lado é mais um prova dessa tentativa.

Apesar de ter 2 ótimas atrizes em papeis muito bem construídos, o filme está mais para uma caricatura boa até, de uma mãe desesperada e cansada da filha junkie.

É aquela história da drogada que finge que quer se curar e a mãe finge que acredita, mais do que a história de força e ajuda e redenção.

Já disse e repito: a maior chance da Glenn ganhar Oscar vai ser como produtora de Cruella.

NOTA: 🎬🎬1/2

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s