179/2021 A MORTE E A VIDA DE MARSHA P. JOHNSON

Hoje é dia 28 de junho, dia internacional do orgulho LGBTQIA+.

É dia de celebrar o #orgulholgbt, as vidas perdidas para que chegássemos a um mundo longe de ser perfeito, longe de ser seguro, mas se estamos onde estamos é por causa de pessoas como a americana Marsha P. Johnson.

Ela foi uma drag queen que esteve à frente do protesto que resultou no massacre do bar Stonewall Inn em Nova York em 1969.

Sua morte é, infelizmente, um marco e o ponto de partida deste ótimo documentário disponível na Netflix.

Mas é a vida de Marsha, combativa, de orgulho e principalmente sobre toda a ajuda que ela sempre prestou a todo mundo que precisava, o verdadeiro sentido à importância desta personagem icônica.

O filme mostra como chegamos longe na luta contra as discriminações e preconceitos e funciona muito como um grito, em meio a muitos gritos que precisam ser dados para que as pessoas acordem para o que acontece a um palmo de seu nariz.

Não tem muito q ser dito sobre o filme além de que ele é um primor e de que sua importância é eterna e necessária.

Só um lembrete que não só porque hoje é o dia do orgulho LGBTQIA+ que você deva assistir esse filme mas todo dia é dia de respeito, tolerância, de abraçar, de entender, de aprender, de escutar e se você puder, de acolher.

NOTA: 🎬🎬🎬🎬1/2

Resenha de 30 segundos ou menos:

Trailer:

https://www.youtube.com/watch?v=pADsuuPd79E&t=5s

Um pensamento sobre “179/2021 A MORTE E A VIDA DE MARSHA P. JOHNSON

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s