240/2021 BEHEMOTH

Behemot é um filme que em princípio eu consideraria bem ruim, mas que acaba sendo surpreendente.

O filme é um super indie feito com 65 mil dólares e dirigido por um cara, Peter Sefchik, feríssima em efeitos especiais, que já trabalhou nos super Harry Potter, Avatar e Star Wars.

O cara resolveu fazer o seu próprio filme e apesar de todos os pesares, fez bem.

O filme conta a história de um cara que trabalha para uma empresa que é ridiculamente poluidora do meio ambiente com químicos podres que acabam causando uma doença horrorosa em sua filha, que aos poucos vai definhando, enquanto ele tenta de todo modo lutar.

E esse cara, quanto pior a filha fica, pior sua sanidade mental fica.

Ele acaba sem querendo sequestrando o dono da empresa, um milionário podre e sem alma que mais parece o próprio Behemot, um demônio vindo das profundezas do inferno.

O filme é uma mistura de horror com suspense e a grande coisa do filme são os efeitos especiais criados e coordenados pelo próprio Sefchik, que se sobressaem em sua produção quase amadora, esteticamente falando.

O choque que os super bem produzidos monstros causa em relação ao resto das cenas do filme é enorme e mostra o quando e no quê exatamente o diretor é bom.

Eu sei que ele vai ler aqui, então fica um conselho: no próximo filme, Peter, chame um co-diretor para que você foque nos efeitos especiais e o filme vai ser lindaço.

NOTA: 🎬🎬1/2

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s