246/2021 DEMONIC

Você se lembra de A Cela?

Aquele filme lindíssimo demais com a Jennifer Lopez, dirigido pelo mago da publicidade Tarsem?

Em A Cela, a J-Lo era uma psicóloga que, conectada por uma máquina maravilhosa, entrava nos sonhos de um serial killer desgraçado e lá acabava vivendo sua não-realidade e tentava entender seus métodos e tudo mais.

O filme era um deslumbre de direção de arte.

Era não, ainda é.

O mundo dos sonhos é algo que serve de referência até hoje, uma mistura de muita coisa grandiosa, barroca, de Dali pra baixo.

E com tudo isso o filme é chato.

Roteiro ruim, que não decola e o pior, com uma direção de elenco bem meia boca.

Demonic, o novo filme do sul africano Neil Blomkamp conta a mesma história

Exatamente a mesma história.

Só com uma variação que poderia ser interessante mas fica patética.

E pra piorar, o filme não tem nem a Jennifer Lopez e nem um diretor de arte visionário e o mundo dos sonhos é a coisa mais ridícula de (d)efeitos especiais que vi no século XXI.

Aliás, Blomkamp é um cara que eu nnao entendo o hype.

Fez um filme bom, Distrito 9, outros bem meia boca e agora lança esse “terror” pior da década.

Vergonha, apesar do poster ser lindo.

NOTA: 0

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s