265/2021 JOHN AND THE HOLE

John and the Hole é um suspense bem interessante. Ou melhor, que poderia ser bem interessante.

O filme conta a história do John do título, um adolescente de uns 13 anos de idade, que mora com sua família em uma casa incrível, num lugar lindo, perto de um bunker perdido numa floresta que fica em seu quintal.

Um dia o moleque pira, dopa o pai, a mãe e a irmã, carrega os 3 e os abandona no bunker.

Quando eles acordam, horas e horas depois, não fazem ideia do que aconteceu e de como foram parar lá.

Esse lugar onde eles são deixados, na verdade é o “final” do bunker, um buraco aberto, bem alto, de onde eles não podem sair e onde está a porta de saída do bunker, que está trancada por dentro.

Algum tempo depois deles lá presos, o filho aparece no alto do buraco e finalmente a família sente um alívio porque de lá os 3 vão sair.

Mas naquele momento o menino, calado como chega, sai e os 3 prisioneiros ficam estupefatos.

O filme mostra o desespero dos 3 tentando entender o porquê de estarem lá presos e o dia a dia do adolescente finalmente livre de sua família, principalmente por ter a casa toda para ele e a senha da conta bancária da mãe à disposição.

A premissa destes elementos tão díspares, da prisão de adultos, da perda de liberdade em contraposição à total liberdade do adolescente daria por si só um filmaço se estes problemas fossem aprofundados com o mínimo de destreza.

O que não é o caso.

O diretor estreante espanhol Pascual Sisto, nos mostra que ele não tem a menor possibilidade de fazer outro filme, já que não teria nem condições de dirigir este.

A estética acima de tudo, que vem de sua formação em artes plásticas mostra que Sisto não só não sabe contar histórias como não sabe o que fazer com uma equipe de cinema.

Um aninho em uma escola de cinema faria toda a diferença, já que dinheiro ele teve pra produzir um roteiro até interessante mas que vira uma ego trip ridícula que mostra que o adolescente e suas vontades absurdas nada mais são que vontades e principalmente desacertos do próprio diretor que apesar de nunca ter ouvido falar dele anteriormente, tive certeza de que apareceu o tempo todo na pele de John, o dono do buraco.

Entendeu?

NOTA: 🎬1/2

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s