349/2021 ESPÍRITOS OBSCUROS

Espíritos Obscuros, o tão aguardado Antlers, horror produzido por Guillermo Del Toro, finalmente aparece e o medo não é tão grande quanto eu esperava.

O filme é baseado em uma lenda boa demais onde os tais espíritos obscuros ganham vida após “crescerem” dentro dos corpos de suas vítimas e assim conseguirem sobreviver se alimentando de…

Sem spoilers.

O pai carinhoso e bandidinho de quinta Frank Weaver (Scott Haze), que produz metanfetamina no fundo de uma mina abandonada acaba sendo vítima de um desses monstros e seus 2 filhos pequenos acabam sofrendo de novo por viverem com esse pai.

A professora Julia (Keri Russell, ótima como sempre) fica preocupada com o estado de seu aluno Lucas e também com o sumiço de seu irmão menor Aiden, que em princípio está doente em casa com o pai.

Com a ajuda de seu irmão, o xerife Paul (meu preferido Jesse Plemons), eles aos poucos vão descobrindo o quanto doente estão pai e filho.

Espíritos Obscuros tem uma grande coisa necessária para um bom filme de horror: um monstro desgraçado, de dar medo, que explica o título em inglês antlers=chifres.

O problema do filme é que o roteiro acabou focando muito a história no problema familiar da professora com seu irmão, o que eu imaginei que teria alguma ressonância na história das família condenada/monstruosa.

É meio que fazer o Alien e preferir contar a história da gatinha da Ripley, entende?

Uma pena.

Mas Espíritos Obscuros é uma boa diversão em um horror caipira, como a gente tanto ama.

NOTA: 🎬🎬🎬1/2

Um pensamento sobre “349/2021 ESPÍRITOS OBSCUROS

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s