025/2021 CODED

Eu raramente falo de curtas aqui no #1filmepordia mas não poderia deixar de falar de Coded.

O documentário do diretor Ryan White acabou de ser lançado no Mubi e eu digo: assista.

Coded conta a história de J.C. Leyendecker, um ilustrador que viveu no início do século XX em Nova York e que foi o responsável, através de sua arte, por tirar do armário a publicidade gay.

Ou melhor, como diziam antigamente, se você era “entendido”, você entenderia suas ilustrações homoeróticas para campanhas não-homoeróticas.

O cara foi genial.

Ele por décadas fez campanhas e mais campanhas, por exemplo, da marca de camisa masculina Arrow e lá criou o ideal de beleza da marca, inspirado em ninguém mais ninguém menos que seu marido.

Ou melhor, seu assistente/sócio/amigo, já que era assim que lá atrás, e até hoje em muitos casos, que os cônjuges LGBTQs são tratados.

Mas Leyendecker, sabendo do mundo que vivia, sabendo da sociedade em que vivia, fazia as coisas direitinho, colocando homens lindos juntos em seus desenhos, que viravam posters e out doors que estampavam as grandes cidades americanas.

E esses homens lindos geralmente estavam se entreolhando, se tocando furtivamente e em um anúncio de roupão de banho, veja só, o cara estava excitado, o que se via no roupão, se você fosse mais atento.

Para termos ideia de quem foi J.C. Leyendecker, seu pupilo mais famoso foi Norman Rockwell, que aprendeu direitinho o que o mestre fazia e virou referência.

Agora, adivinha o que aconteceu com Leyendecker e seu marido?

Veja o filme. Imperdível.

NOTA: 🎬🎬🎬🎬

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s