41/365 WOODSHOCK

Começo essa resenha colocando a culpa no Tom Ford pela péssima experiência cinematográfica que tive com esse filme Woodshock.

O cara é um baita de um estilista e resolve virar diretor e faz uns filmes bem interessantes.

Daí, acredito eu, por causa disso alguns estilistas devem ter se animado com a ideia.

E duas irmãs, de quem nunca tinha ouvido falar, apenas na sua marca de roupas, a Rodarte, vão lá e fazem um filme.

Gastam uma boa grana, chamam um elenco bem bacana encabeçado pela sempre ótima Kirsten Dunst e fazem um filme que é uma grande porcaria.

Woodshock parece para mim um comercial da Rodarte, um fashion film, dirigido pela Sofia Coppola.

Só que o povo se animou e colocou uns diálogos no meio das cenas idílicas e lindas da Kirsten com as roupas no meio do mato, cheirando flores, delirando no chão da casa da mãe que morreu, viajando com um veneno mortal, viajando separando maconha em uma loja, pirando com o marido, viajando de novo no meio do mato.

Isso tudo num longa, de quase 2 horas, chato pra burro, bonito por vezes mas, de novo, chato pra caralho.

A minha dúvida é se as irmãs/estilistas/diretoras Laura Mulleavy e Kate Mulleavy não tinham uns amigos que dissessem pra elas, para amigas que tá feio, chama a Sofia ou outro diretor qualquer, mas chamem alguém que entenda de cinema, que saiba fazer cinema.

Esse é o terceiro filme ligado ao universo da moda que posto aqui e é um bom exemplo pra separar cinema de fashion film de publicidade de filme chapa branca.

Woodshock é o filme que não deveria ser.

É todo errado, com roteiro ruim, sem direção nenhuma e só com umas cenas lindas no meio disso tudo.

Já o documentário Manolo é outro erro, um filme sobre um grande estilista mas que é super chapa branca e indulgente.

Trama Fantasma é um filme de um grande diretor com o mundo da moda como tema.

E é um puta de um filme, porque tem um grande diretor que escreveu o roteiro perfeito e que sabe como fazer um filme, diferente das irmãs Rodarte ou do diretor do Manolo.

Elas deveriam continuar fazendo roupa e ele deveria continuar fazendo, sei lá, publicidade sem graça?

Eu ia falar da indignação de um filme desses ver a luz do dia, do dinheiro gasto, do esforço gasto, mas não vale a pena.

Elas são ricas, elas gastam o dinheiro delas como querem e aqui estou eu dando picadeiro pra elas sambarem.

NOTA 🎬1/2

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s