Vá em paz, mestre Bertolucci.

Essa semana faleceu Bernardo Bertolucci, o mestre italiano, realizador impecável, descobrir de grandes talentos e o cara que não fez 1 único filme porcaria em toda sua carreira. Mais ainda, Bertolucci tem pelo menos 5 obras primas, filmes perfeitos, que podemos citar sem pensar muito: O Último Tango Em Paris (apesar de toda a cagada confessa anos mais tarde), La Luna, A Estratégia da Aranha, O Conformista, O Céu Que Nos Protege, O Último Imperador, 1900, O Pequeno Budha, Os Sonhadores. Eu disse 5 sem pensar? Foram 9 de bate pronto. Em sua homenagem não vou colocar trailers de filmes, … Continuar a ler Vá em paz, mestre Bertolucci.

108/365 SUBMERSÃO

Ah como eu amo o Wim Wenders. E depois de alguns filmes quase, finalmente um filme bem legal dele. E apesar de uns poucos pesares e da Alicia Vikander! Submersão é um romance, com um viés político engajado, o que acaba super funcionando. O filme conta a história de um homem e uma mulher que se encontram por acaso em um hotel no meio do nada na França, se aproximam e acabam se apaixonando. Ela (Alicia) é uma oceanógrafa super conceituada que vai para o hotel passar uns dias de férias antes de um desafio em sua carreira: uma descida … Continuar a ler 108/365 SUBMERSÃO

A camisa do Elio do James Ivory.

Todo mundo ficou babando pela camisa que o diretor e roteirista oscarizado, o mestre James Ivory, usou para receber sua estatueta dourada. A camisa branca com o rosto do Elio, o personagem de Timothée Chalamet do nosso preferido Me Chame Pelo Seu Nome, é linda demais. Ela foi criada pelo artista inglês Andrew Mania e, desculpem a infâmia, já virou mania. Todo mundo quer. Continuar a ler A camisa do Elio do James Ivory.