185/2020 NINGUÉM SABE QUE ESTOU AQUI

Viva, filme bom da Netflix!

O chileno Ninguém Sabe Que Estou aqui é melhor que bom, pra ser sincero.

O filme conta a história de Memo, um cara estranhão, meio que um hermitão com seus sei lá, 30 e poucos anos de idade, quase 40.

Ele mora com o tio no que parece ser meio que um ilha, algum lugar onde só se chega de barco e lá eles trabalham em seu curtume.

Vivem cheios de sangue, de couro, de pele, como se lidassem com o mais primitivo mesmo.

Memo quase não fala e o máximo que faz quando não está no curtume é costurar alguma coisa com tecidos bem brilhantes e “visitar” casas vazias de pessoas que lá não estejam, tentar sentir um pouco da vida que ele não tem.

Ele é bem gordo, calado, se esconde de quem por lá aparece, menos quando ele encontra uma mulher por quem se interessa.

O título do filme resume sua vida, ninguém sabe que Memo vive lá.

Até o dia que o tio sofre um acidente bizarro e Memo precisa levá-lo ao hospital da cidade mais próxima com a ajuda de Francisca, a mulher por quem ele agora não para de pensar.

E com ela Memo deixa o tio e volta correndo pra casa, não consegue nem acompanhá-lo e aí a gente percebe que o estranho vem de algum trauma.

Memo sempre foi gordo, desde criança e esse foi seu problema: ele canta como poucos e por seu tamanho, acabou sendo contratado como a voz de um menino “bonito” que virou super famoso.

Isso quando Memo era bem pequeno, pré adolescente e portanto não aguentou o que (não) via acontecer com ele.

Memo fugiu, se escondeu e quando seu coração o deixou sentir alguma coisa, adivinha, o caos voltou a sua vida.

O filme de Gaspar Antillo é tão fofo e tão pungente que a gente vai se emocionando aos poucos e torcendo por Memo mesmo sem entender direto tudo o que se passa na cabeça do cantor com voz de ouro que quase não abre a boca, com certeza por causa da voz mesmo.

O filme é pequenininho, despretensioso, quase um conto romântico, de descobertas, frustrações e quem sabe de superações com uma ótima surpresa: Memo é vivido pelo Jorge Garcia, o ator de Lost que desde lá não fazia alguma coisa tão bacana.

NOTA: 🎬🎬🎬🎬

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s