358/2020 SPREE

Spree foi “vendido”quando lançado alguns meses atrás como a versão social media de Psicopata Americano.

Veja bem.

Veja.

Bem.

Não que Psicopata Americano seja uma maravilha da cinematografia mundial, mas o filme é o máximo, baseado em um livro muito bem escrito, com um roteiro que beira a perfeição e com uma atuação catártica e ousada de Christian Bale, exatos 20 anos atrás, contando a história de um yupie psicopata nos anos 1990 em NY.

Spree conta a história de um psicopata em 2020, que não poderia ser mais radicalmente diferente que Patrick Bateman.

Kurt é um idiota americano (olha um título bom pro filme) qualquer que, como todo resto dos jovens idiotas do mundo todo, sonha em ser um influenciador digital e tentando há anos e nunca conseguindo, resolve tomar medidas extremas para conseguir curtidas e seguidores.

Como ele não tem onde cair morto, resolve virar motorista de um aplicativo chamado Spree, enche seu carro de câmeras, faz lives de suas corridas e, olha só que ideia Jenial, mata os passageiros que acha que merecem morrer.

O único problema é que a meia dúzia de gente que assiste suas lives não acredita que seja verdade e ele continua, como sempre, ser achincalhado online.

Mas Kurt não desiste e segue em frente com sua ideia assassina e vai matando a torto e a direito, até que uma comediante de stand up famosinha online sai viva de seu carro.

Spree é um filme produzido pelo Drake e pelo Future, 2 artistas fodões que também produziram a minha preferida Euphoria da HBO, também uma obra totalmente focada e voltada para a molecada de hoje em dia.

Só que toda a genialidade da série não se repete nesse filme que tem uma ideia boa mas só uma, que se repete por quase 100 minutos, o que acaba cansando.

Pior de tudo é que o roteiro é bem previsível, você sabe exatamente o que vai acontecer até a última cena.

As únicas surpresas são os furos de roteiro, que me irritaram profundamente.

Mas Spree é bem dirigido, muito bem filmado, com uma trilha bem doida de boa e com um elenco bacana, capitaneado pelo ótimoa Joe Keery que vive o motorista tonto e pela Sasheer Zamata como a ótima comediante (que também é na vida real, vinda do SNL).

E ainda tem uns cameos bacanas como David Arquette, outro SNL, Kyle Mooney e a ex (e sempre) musa Mischa Barton.

NOTA: 🎬🎬🎬

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s