024/2021 IN and OF ITSELF

Vou tentar explicar mais ou menos como eu acabo assistindo filmes (como esse) que eu nem sabia da existência mas que de um dia para outro acaba caindo no meu “radar” e de repente se transformam em filmes preferidos.

Sexgta feira, depois de uma aula exaustiva, estava eu pelo twitter quando começo ler muita gente (gringa) e muito perfil de cinema bacana postando sobre esse filme, dizendo que era revolucionário, super inteligente.

Cliquei no poster para ver do que se tratava e fiquei tentando me lembrar de onde conhecia o nome do protagonista/personagem desse “documentário”, Derek Delgaudio.

(parêntese longo)

Quarta feira eu almocei ao vivo, mas com toda distância e álcool em gel e máscara possíveis com minha amiga Dani e falei pra ela o quanto estava animado com a nova temporada de Penn & Teller’s Fool Us, o reality onde mágicos precisam performar truques que a dupla mais famosa hoje em dia não descubra como fizeram com o prêmio de se apresentarem em Las Vegas.

A Dani riu, disse que não se conformava com a quantidade e a variedade de realities que assisto, de mágica a bilionários orientais em Los Angeles, de sopradores de vidros e vendedores de casas de verão nos Hamptons, fora todos os culinários possíveis e imagináveis.

(fim do parêntese)

Logo eu me lembrei que Delgaudio é um mágico bem famoso nos EUA, com uma pegada menos cômica e mais melancólica, como um palhaço triste, ao contrário dessa fase de mágicos super engraçadões de hoje em dia.

Corri para assistir o documentário dirigido pelo Frank Oz (o gênio dos Muppets) e digo uma coisa: não perca.

Não vou contar absolutamente nada sobre o que se passa no filme além de que In & Of Itself é um filme feito no show do cara que é de cair o fiofó dos nossos fundilhos.

Se você leu o que eu escrevi sobre American Utopia , o documentário dirigido pelo Spike Lee do show do David Byrne, talvez se lembre que a grande coisa do filme seja a intimidade que Lee nos proporciona com sua câmera em closes impossíveis de serem apreciados quando assistimos um show.

Neste documentário a história é a mesma, o cinema é usado da melhor forma possível para nos aproximarmos dos personagens de uma história muito bem contada e que nos ficam mais íntimos ainda por causa de um grande diretor filmando.

Ah, você vai dizer, odeio mágico, odeio truque ao que eu te retruco, dê uma chance.

In & Of Itself, lançado no Hulu, não é um show de mágica.

Posso dizer que é mais um crise existencial teatral ao vivo.

Um show onde Degauldio abre o próprio coração para contar algumas histórias muito íntimas e o melhor, não só as dele. A mágica sempre genial desse grande cara é sempre usada em segundo plano, como meio, não como mensagem.

NOTA: 🎬🎬🎬🎬1/2

2 pensamentos sobre “024/2021 IN and OF ITSELF

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s