055/2021 IN THE DUSK

Achei perdido aqui na minha lista de filmes um filme bem bom da Lituânia e aproveito pra falar bem, já que parece que vai entrar no catálogo do Mubi, vindo do Festival de Cannes de 2020 e visto na Mostra de Sp do ano passado.

Ao final da Segunda Guerra Mundial, um grupo de lituanos se esconde no meio de uma floresta congelada por serem contra a invasão soviética ao seu país.

Unté, de 19 anos, perde obviamente a sua inocência com a Guerra e pior, com o que vem passando nos últimos tempos, perde totalmente a noção não de realidade, mas do que importa, do que era antes e do porquê ele está onde está.

O diretor e roteirista Sharunas Bartas é um dos mais conhecidos do seu país e tem a fama de fazer um cinema lento, quase introspectivo.

In The Dusk é lento, é contemplativo mas aos poucos nós vamos percebendo como o tempo do filme é necessário para que essa história seja contada.

Não só a cadência do filme mas a luz e o clima são quase personagens de In The Dusk, confirmando que Bartas não só dirige muito bem seu elenco, mas é aquele tipo de diretor que tem controle total de seus filmes, nos mínimos detalhes, sabendo mesmo como contar suas histórias.

NOTA: 🎬🎬🎬1/2

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s