076/2021 BETTER DAYS

Se você ainda não assistiu Better Days, o filme chinês indicado ao Oscar de filme internacional, por favor, vire-se e delicie-se.

Better Days é possivelmente a história de amor adolescente mais linda e mais visceral do ano.

E olha que nem sei o que vai ser lançado em 2021 ainda, mas duvido que qualquer filme chegue aos pés deste.

Better Days conta a história de Chen Nian, uma garota de 16 anos de idade que está estudando para o vestibular chinês. Ela é tímida, pobre, sua mãe é trambiqueira, ela ao invés de se concentrar para a prova, que como vemos no filme é pior do que o vestibular brasileiro em termos de tensão e cobrança, ela também precisa se esconder em casa e na rua dos cobradores.

Apesar ou por causa disso tudo, Chen Nian é fofa e diante de uma tragédia que acontece em sua escola, onde estudam milhares de jovens, ela é a única que enfrenta de cabeça erguida o absurdo que se mostra na cara de todo mundo.

E por isso mesmo começa a sofrer mais bullying ainda do que já sofria só pela timidez: as meninas “descoladas”, junto dos meninos escrotos não largam mais o pé de Chen Nian porque além de tudo, ela é a mais inteligente, com as notas mais altas da turma.

Uma noite voltando para casa, Chen Nian acaba meio que enfrentando sem querer uma ganguezinha de picaretas que está quebrando a cara de um menino e consegue que os arruaceiros fujam.

No outro dia, Xiao Bei, que se diz um punk sem futuro, acha Chen Nian e começa ajudá-la com o que pode por gratidão.

Essa aproximação improvável entre as 2 pessoas mais diferentes possíveis aos poucos vira uma amizade, quando ambos vão sabendo mais das vidas dos outros e aos poucos esta amizade vai crescendo mais ainda.

Acontece que todos os problemas dela passam a serem meio que problemas dele e vice versa.

Nada é fácil nas vidas dos párias, principalmente quando eles se aproximam e só se acham em alguém que por mais estranho que seja, acaba sendo uma solução para seus problemas, mesmo que sejam apenas os problemas de carência e rejeição, porque se sentir acolhido e querido é para poucos, como nós sabemos.

Mas como disse, os problemas que de um viram problemas dos dois e esses problemas só crescem e se multiplicam e não param e só pioram.

O diretor Derek Tsang Kwok-cheung aproveita esse roteiro de amor, drama, desespero (para o bem e para o mal) com toques policiais e aflitivos demais e faz de Better Days um filme lindo mas violento, trágico mas romântico, com um casal adolescente que chega ao nível de um Romeu e Julieta do fim do mundo, com a sequência mais de embrulhar o estômago de surra e (quase) estupro em um filme em época de whatsapp.

Mas quem dera que os problemas de Chen Nian e Xiao Bei fosse que suas famílias se odiassem. Neste caso, nem família para odiar eles tem.

Better Days é um drama sobre os problemas adolescentes em tempos de redes sociais cruéis, colegas de escola mais cruéis ainda e o mais cruel de tudo, o sistema falido onde o pobre não tem muita chance ou oportunidade além de tentar, lutar, malhar e nada conseguir no final de tudo.

Better Days não vai levar o Oscar por motivos de Quo Vadis, Aida e de Another Round, os dois filmes mais cotados a serem premiados. Mas isso não tira todos os méritos desse absurdo chinês, filme que já virou de cabeceira e referência de onde esses filmes de molecada devem chegar.

NOTA: 🎬🎬🎬🎬🎬

2 pensamentos sobre “076/2021 BETTER DAYS

  1. Cara, esse filme é maravilhoso. Li há tempos sua Review, mas só agora pude ver e corri pra reler. Que porrada de filme e quando você acha que foi derrubado de emoções, tem pós créditos kkkk

    Melhor filme que vi esse ano. Nunca feche esse blog moço. Dá de mil em sites de nerdolas metidos a críticos. ABS.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s