121/2021 CODED BIAS

Tem filme que eu SEI que vai me dar ódio, que eu SEI que vai me deixar querendo socar o Bezos.

E mesmo assim eu assito.

E como eu não gosto de passar raiva sozinho, apresento-lhes Coded Bias, lançado na Netflix.

Esse é o documentário sobre o algoritmo racista, sobre a inteligência artificial racista.

Sobre o reconhecimento facial que não reconhece os rostos negros.

E que quando os reconhece os marca como de pessoas perigosas.

É um absurdo.

A história é contada pela cientista de mídias do MIT, Joy Buolamwini, que descobriu essa “falha”de sistema quando ela própria não conseguiu usar aplicativos com reconhecimento facial.

A história é punk e o filme poderia ser um pouco mais.

Ele ficou meio com cara de globo repórter, ou de matéria especial do fantástico.

Mas é incrível, imperdível.

Principalmente quando ouvimos todos os cientistas entrevistados dizerem que o problema é que a inteligência artificial reproduz padrões humanos.

Ou seja, ela é racista porque a humanidade é racista.

Os exemplos são bizarros e incômodos.

E se você não ficar com raiva, sinto informar mas você deve ter morrido por dentro.

NOTA: 🎬🎬🎬1/2

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s