194/2021 OS CAÇADORES DE TRUFAS

Sim, minha gente, traduzi o título original deste documentário The Truffle Hunters para o português porque eu quis.

Na verdade, porque eu espero que assim ajude ainda mais a atiçar a curiosidade das pessoas para não perderem essa preciosidade.

Os Caçadores de Trufas e o Honeyland de 2021.

O filme acompanha o dia a dia de velhinhos italianos da região do Piemonte que buscam, ou melhor, caçam trufas em seus quintais.

Pra quem não se ligou, trufa é aquele cogumelo que nasce embaixo da terra, cada vez mais raro e cada vez mais caro.

Os restaurantes estrelados pelos Michelins da vida pagam milhares de euros pela iguaria que duram quase nada de tão procurada e desejada que é.

Os caçadores do filme nos mostram como eles caçam com seus cachorros, lindos e que por sinal são os coadjuvantes do filme, além da esposa do Carlo.

Pra quem como eu achava que os porcos eram usados nessas caças, como vamos ver no novo filme do Nic Cage, Pig, que estreia semana que vem, os cachorros desses caçadores são geniais.

Inclusive um dos velhinhos, que está procurando uma nova esposa, diz que só se casa de novo se a mulher prometer cuidar do cachorro como filho.

De qualquer maneira, o filme também mostra, de forma genial, como as tratativas de compra e venda de trufas são feitas, parecendo mais tráfico de substâncias ilegais, já que tudo que envolve a busca e a venda da trufa acaba rolando quase que em segredo.

Por exemplo, o caçador nunca diz onde pega suas trufas, é um segredo que ele leva para o túmulo.

E o atravessador, que compra dos velhinhos e vende pra milionários do mundo todo, nunca conta quanto paga, de quem compra ou pra quem vende.

Mas sempre acaba aparecendo alguma treta de um comprador que fura o olho do outro atrás de cliente bom.

Ou pior, a treta horrorosa de caçadores inescrupulosos que espalham veneno pelas matas para matar os cachorros de seus “concorrentes”.

Conclusão: nem uma “profissão” que parece idílica, como procurar fungo pelas florestas italianas, está livre da concorrência desleal, da baixaria mercantilista.

Como disse lá em cima, Os Caçadores de Trufas é o novo Honeyland.

E eu juro que achei que tão cedo não assistiria um documentário desse nível.

Lembra de como Honeyland era lindo, poético, sensível, delicado?

Um filme que valorizava suas personagens as respeitando?

Os Caçadores de Trufas é igual

A fotografia do filme, para começar, é de uma delicadeza e de um refinamento como poucos vemos no cinema.

A câmera sempre está no lugar mais perfeito possível, com enquadramentos que poderiam ser pendurados nas nossas paredes.

Até quando uma câmera é colocada na coleira de um dos cachorros as imagens são lindas e surpreendentes, principalmente quando o cachorro se chacoalha todo.

Os caçadores documentados que eu chamei de velhinhos, parecem personagens criados pelo mais detalhista dos escritores, de tão perfeitos que são em suas histórias mas principalmente em seus arcos sentimentais.

Se eu já puder dar palpite, Os Caçadores de Trufas é minha aposta para o Oscar de Melhor Documentário de 2022.

NOTA: 🎬🎬🎬🎬🎬

Resenha em 30 segundos ou menos:

Trailer:

2 pensamentos sobre “194/2021 OS CAÇADORES DE TRUFAS

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s