196/2021 FALSO POSITIVO

Falso Positivo poderia ter sido O HORROR de 2021 mas não é.

E por um único motivo idiota.

Tentaram de todas as formas, até o último segundo de filme que Falso Positivo fosse o novo O Bebê de Rosemary e erraram na mosca.

O filme conta a história de um casal lindo, que se ama, que tem dinheiro, carreiras ótimas mas que não consegue engravidar.

Lucy (a fantástica Ilana Glaser, fugindo da comédia) é uma publicitária que está estourando na carreira e Adrian (o sempre bonitão Justin Theroux), seu marido, um médico bem sucedido, fofo, super carinhoso que entra em contato com um ex professor que virou um gênio da fertilização (sim, o bostão do Pierce Brosnan, quase não vi o filme por causa dele).

Na primeira ida ao consultório do doutorzão Lucy já sai grávida.

Mas aos poucos ela vai tendo o que eles no filme chamam de “piração de grávida”.

E isso vai piorando à medida que ela entra numa nóia que o médico fez mal para seu bebê.

E isso é tudo o que dá pra contar.

Falso Positivo é um nome ótimo para o filme.

John Lee, que dirige e escreveu o roteiro com Ilana se mostra um grande diretor, cheio de planos e enquadramentos inteligentes que ajudam muito a criar o clima sombrio do filme.

Mas o problema é quando ele quer ser o Polanski, principalmente nas milhares de sequências de sonhos do filme, que só atrapalham mais que ajudam.

De novo, uma pena, porque apesar da história ser bem óbvia e sem graça, o elenco e a direção tinham tudo pra fazerem um filme pelo menos assistível.

NOTA: 🎬🎬1/2

Resenha em 30 segundos ou menos:

Trailer:

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s