300/2021 BRIGHTON 4TH

Que. Filme. Meu povo.

Obrigado #MostraSP #45Mostra por não me decepcionar nunca e sempre me trazer filmaços todos os anos.

Diretamente da Geórgia, Brighton 4th é um drama familiar lindo, emocionante e ao mesmo tempo que mostra como amor de irmão, amor de pai e mãe são fundamentais, também são cegos.

Talvez uma coisa esteja diretamente ligada à outra, na verdade.

Kakhi, um ex-lutador e hoje treinador de luta olímpica (vivido pelo ótimo Levan Tediashvili, que já foi um atleta olímpico de luta), é o paizão de sua família toda.

Ajuda sua esposa que caiu, quebrou o braço e está de cama.

Resolveu os problemas do irmão jogador inveterado que acabou de perder o apartamento nas apostas.

E agora está de malas prontas para encontrar o filho médico que se mudou para os EUA e sobrevive com sub-empregos já que não tem visto de permanência.

Kakhi é o cara mais legal de todos, cara de mal e com coração mole, bonzinho que só ele, o grandão ursão fofo.

Nos EUA descobre que o filho, que mora numa pensão para imigrantes da Geórgia e de outros países que já foram soviéticos, está com problemas maiores que não conseguir emprego à altura de seus diplomas.

A pensão é comandada pela cunhada de Kakhi, casada com o irmão que perdeu o apartamento.

Ela só quer voltar para casa porque está cansada de trabalhar e mandar dinheiro pro marido reformar um apartamento que nem existe mais e dinheiro esse que ele continua perdendo em apostas.

Quanto mais a gente conhece Kakhi, mais a gente quer um desses na nossa família, ou por perto, um cara que sabe o que dizer para ajudar, que tem esperanças e que não deixa a peteca cair.

O diretor Levan Koguashvili sabe exatamente o que faz com seus personagens, mas a criação de Kakhi como o cúmulo do cara bacana atingiu patamares invejáveis.

O roteiro lindo que gira em torno dessa idealização da esperança faz de Brighton 4th um filme totalmente inesperado e excepcional.

Ver uma comunidade criada do outro lado do mundo por imigrantes os mais diversos é sempre uma delícia e uma tristeza ao mesmo tempo, principalmente em um filme como esses que não passa pano pra mágoas e tristezas e saudades.

E apesar da idealização da esperança na história toda e em seu personagem principal, Brighton 4th tem os 2 pés no chão com o final mais inesperado de todos. E isso foi um grande elogio.

NOTA: 🎬🎬🎬🎬1/2

Trailer: https://cineuropa.org/en/video/405610/

Um pensamento sobre “300/2021 BRIGHTON 4TH

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s