172/2022 BOA SORTE, LEO GRANDE

Emma Thompson é a rainha dos dramas ingleses de 2 personagens. Não? Bom, pelo menos pra mim é, principalmente por causa de Os Vestígios do Dia, filmaço.

Boa Sorte, Leo Grande é o nov petardo dela de 2 personagens.

Ela vive Nancy Stokes, uma senhora respeitável inglesa que se hospeda em um hotelzinho barato sozinha.

Até que batem à sua porta e ela recebe o Leo Grande do título, um rapaz bem mais novo que ela, bem mais novo que seus filhos, como ela mesma diz, que está lá para satisfazê-la sexualmente.

Nancy contratou Leo porque ela é viúva há pouco mais de 2 anos e Leo será não só o primeiro homem com quem ela fará sexo depois do casamento como também o primeiro homem com quem ela fará sexo além de seu finado marido.

O filme tinha tudo pra ser maravilhoso mas a contenção da diretora Sophie Hyde me incomodou muito, fazendo um filme arrastado e pouco interessante.

Até o último terço do filme que explode com uma força não vista em nenhum momento anterior.

Nancy é a típica personagem inglesa de seus 60 e tantos anos de idade, nada além do que a gente poderia esperar. E isso não é bom.

Leo é o michê educado, educado demais.

Eu esperava que toda a educação de Leo teria um sentido mais pra frente na história.

Mas o que a diretora guardou para o final de seu filme foi lindo.

E nada importava mais além da Nancy da gigantesca Emma Thompson.

Dizem à boca pequena que esse papel provavelmente dará a Emma mais um Oscar. Do jeito que a premiação tem sido nos últimos anos, não duvido nada, porque afinal, seu personagem é muito maior que este filme.

NOTA: 🎬🎬🎬🎬

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s