298/2022 NÃO SE PREOCUPE, QUERIDA

“Não se preocupe, querida, o seu filme flopou”, deveria ser a crítica dessa porcaria.

Eu JURO que eu queria ter amado esse filme.

E listo uns porquês.

1. Não Se Preocupe, Querida é estrelado pela musa das musas Florence Pugh e se ela lançar um longa sentada na privada por 2 horas eu vou ver com gosto.

No possivelmente papel mais constrangedor de sua carreira, Florence é a esposa ideal dos anos 1950, que aos poucos vai percebendo que o mundo ideal que ela vive não é bem assim.

2. O elenco tem 2 pessoas que eu adoro em papéis menores, Chris Pine como o chefão desse mundo ideal e a mais linda de todas Gemma Chan, esposa fodona do dono.

3. O filme tenta parecer um drama technicolor dos anos 1950/60 mas é uma ficção científica.

Entra em cena Olivia Wilde, a atriz medíocre que se mostrou uma diretora muito competente com Fora de Série, aquela comediazinha boa demais sobre 2 nerds no high school que decidem chutar o balde.

Olivia teve uma ideia ótima, a da ficção científica, mas escreveu um roteiro tão ruim, tão raso, tão cheio de clichês que eu não entendo como nenhum executivo chegou pra ela e disse “fofa, a senhora está bem loka porque isso aqui tá feio, tá ruim”.

Deram dinheiro pra ela, cenários foram construídos, decupagem tosca e pretensiosa foi aprovada e lá foi Olivia brigar com ator principal, ter caso com o Harry Styles (jura? juro!) enquanto ainda era casada e seu marido descobrir e criar um auê e se não estivesse satisfeita, ela ainda tretou tão feio com a Florence que em toda a divulgação do filme, inclusive sua estreia na Festiva de Cannes (Jura? Juro2!), as duas nunca foram vistas nos mesmos ambientes.

Alguém deve ter falado pra Olivia “ó, eu acho que você podia nesse segundo filme ousar um pouco como diretora, fazer umas loucurinhas tipo Requiem Para Um Sonho, copiar uns diretores mais alternativões”.

Ela foi lá, fez e fez tudo errado. Seus closes de café da manhã mais atrapalham que ajudam, totalmente desnecessários.

Já falei do Harry, né, o cantor que agora é ator e que esqueceram de avisar que não é fácil a parada não, ele teria que ter estudado um pouco, tadinho, que vergonha.

A sorte é que devem ter cortado tanta cena dele do projeto inicial que quase passa desapercebido o quanto o cara é péssimo.

Pra piorar tudo, eu tava esperando pra ver esse filme em casa. Como tava demorando, fui ao cinema, gastei dinheiros e como não é a vida, não é mesmo, pois ao chegar a noite em casa depois da sessão desastrosa desta bobagem, o filme aparece online pra ser visto. Parece que eu que estava na ficção científica do mundo besta da Olivia. Tadinho de mim.

NOTA: 🎬

Advertisement

2 pensamentos sobre “298/2022 NÃO SE PREOCUPE, QUERIDA

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s