249/2020 UNCLE PECKERHEAD

Uncle Peckerhead talvez tenha sem querer criado uma nova categoria cinematográfica: a comédia de horror fofa.

Porque, apesar de tio “prepúcio” do título ser um monstro que toda meia noite precisa comer uns humanos, ele é o roadie mais bacana e gentil e atencioso que os punks da banda DUH poderiam ter em sua primeira tour.

Como todo bom punk, as 2 minas e o cara do Duh, além de não terem onde cair mortos (ops), não tem carro e não tem como sair pra fazer os shows q marcaram pra levantar uma graninha.

Eles por acaso encontram Peckerhead na rua e perguntam se ele não alugaria sua van por uns dias quando são surpreendidos com a proposta dele viajar com a DUH.

Uncle Peckerhead tem um roteirinho tão bonitinho e bem escrito e o melhor, é muito bem dirigido, tudo graças ao ótimo Matt Lawrence, além da trilha ser ótima.

O legal do filme é que as situações que a banda e o monstro se metem são tão ridículas que obviamente a gente não só torce pelo monstro como também torce, pelo menos eu torço agora, pra que toda banda começando tenha um roadie ou um manager canibal que ajude com que a molecada ganhe seu dinheiro nos showzinhos que façam por aí.

Quanto mais eles viajam e tocam e se fodem, mais a gente torce pros promotores do mal terem suas cabeças arrancadas, pelo menos era assim quando eu era dj e ia tocar e o cara dizia q o cachê seria depositado na minha conta dali 30 ou 60 dias.

Pior quando isso acontecia fora de SP e eu precisava aguentar olhar na cara do fdp ainda o outro dia inteiro antes de pegar um avião de volta pra casa.

Ah se eu tivesse um canibalzinho de manager na época…

NOTA: 🎬🎬🎬1/2

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s