281/2020 PVT CHAT

PVT CHAT é um filme estranho.

De cara, logo de início, ele parece que vai ser uma porcaria.

O elenco é meio óbvio, os personagens parecem ser bem estereotipados, a produção é pobrinha de tudo, o que acaba dando ao filme uma cara de caseiro.

Mas depois de uns 15 minutos, Pvt Chat me pegou de jeito.

E o estranho que tinha achado no início na verdade é um estranho bom demais.

O bate papo privado do título é entre uma cam girl meio dominatrix e um cara que é um jogador de poker viciadão e que mente dizendo pra ela que é um ricão da bolsa de valores de NY.

Aos poucos a relação dos 2 vai meio que evoluindo e saindo da putaria virtual de tanto que ele insiste em falar mais com ela pois: obcecado achando que tá apaixonado.

Ela aos poucos vai caindo na dele que sempre fala de muito dinheiro, muitas viagens e muitas possibilidades até que os dois acabam papeando sem que um gaste dinheiro e sem que a outra fique pelada.

Já viu tudo, né?

Pvt Chat é um drama que beira o suspense. E “beirar” o suspense é o grande trunfo do filme.

O diretor Ben Hozie conseguiu uma intimidade tão absurda entre o casal principal vivido por Julia Fox (de Uncut Gems) e Peter Vack (da minha preferida The Bold Tye) que parece que eles são um casal de verdade, com o nível de intensidade mostrado não só na intimidade de sexo mas também nas horas da tretas.

Sexo, aliás, ousadinho e bom demais com nu frontal e muito mais, o que só foi possível, creio eu, pelo nível “indie” do filme.

NOTA: 🎬🎬🎬

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s