282/2020 O HALLOWEEN DO HUBIE

Tinha pensado em outubro, mês do Halloween, tentar falar só sobre filmes de horror.

Os de mentirinha e alguns da vida real, como alguns documentários que programei resenhar.

Mas daí vem a Netflix e lança O Halloween de Hubie, um novo filme do Adam Sandler, o primeiro depois do sucesso Uncut Gems.

Lá fui eu assistir num dia de calor infernal, daqueles que me impediam de raciocinar direito.

Filme perfeito, porque se você esboçar a mínima tentativa de raciocínio, você desliga o filme na hora.

Hubie é mais um personagem ridículo de Adam Sandler, o adulto estúpido, beirando o retardamento mental e que, por isso mesmo, é um fofo, num roteiro tão besta mas tão bem escrito, que deve ter sido criado numa tarde de domingo por uns adultos ricos que ficam rindo uns dos outros o tempo todo, sabe como?

Ele mora em Salem, a cidade onde as bruxas, séculos atrás, foram queimadas nas fogueiras e onde o Halloween é levado muito a sério, com muito susto e casas assombradas.

Hubie é um toscão que se auto denomina fiscal de tudo, aquele cara chato que fica enchendo o saco da polícia por exemplo porque acha que viu um cara andando a noite de forma suspeita ou qualquer outra idiotice do tipo.

Resumindo, o povo de Salem odeia Hubie, adultos, molecada, jovens, todo mundo.

Ele é o foco de bullying geral.

Mas é um fofo.

É apaixonadinho por um amiga de infância (Julie Bowen de Modern Family que está ok e merecia um papel melhor) e tem uma mãe doidinha que faz tudo para protegê-lo (a maravilhosa June Squibb, que se não ganhar Oscar de atriz coadjuvante por esse papel eu corto meu sexto dedo do pé esquerdo fora).

Aqui vai uma dica para o Adam Sandler e seu contrato milionário de filmes com a Netflix: faça uma série com Mrs Dubois. A mãe do Hubie é a melhor coisa do filme, a começar por suas camisetas com piadas sexuais de duplo sentido ridículas e maravilhosas.

Outra coisa legal do filme é a quantidade de gente bacana no elenco.

Imagino o Sandler pegando o celular e escolhendo aleatoriamente entre seus amigos quem ele vai chamar para seus filmes.

Neste tem desde Maya Rudolph, Shaquille O’Neal, Ray Liotta e Steve Buscemi e metade do elenco de SNL, cada um com um personagem melhor que o outro.

O filme em si se passa no dia de Halloween, onde Hubie dá dicas de como as pessoas tem que se comportar e melhor ainda, de como ele se assusta ridiculamente com as pessoas fantasiadas de monstros.

Pra “apimentar” o roteiro, algumas pessoas vão sumindo durante a história e Hubie ajuda como pode a polícia, já que ele é desses, que ajuda para atrapalhar.

Eu nunca fui o maior fã de Adam Sandler, até ele ganhar minha alma em Uncut Gems. Mas assistindo essa comédia tonta perdeu de novo porque tive a certeza que aquele filme foi um acaso em sua carreira mesmo.

Sim, eu sei que ele fez outros dramas, mas nada se compara a idiotice em sua carreira.

E essa comédia idiota, tipo de filme dos Trapalhões, pior do que os programas de televisão, não me atrai tanto.

Mas O Halloween de Hubie não é ruim, o que me espantou.

É um filme bem divertido, com um roteiro redondinho, cheio de piadinhas boas para adultos e outras tantas ótimas pra molecada, com uma história boa, apesar do monte de bobagens e que se não por mais nada, deve ser visto para nos deliciarmos com a maravilhosa June Squibb.

NOTA: 🎬🎬🎬

Um pensamento sobre “282/2020 O HALLOWEEN DO HUBIE

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s