058/2021 FAKE ART: UMA HISTÓRIA REAL

Nem acreditei que na mesma semana que eu assisto o filme sobre o maior falsificador de arte da Holanda, a Netflix resolve estrear um documentário sobre o maior escândalo de falsificação de arte nos EUA.

Fake Art: Uma História Real é o tipo de documentário que eu amo, que vai na jugular da história, te entretem e te deixa morrendo de ódio ao mesmo tempo.

A história é idêntica (em princípio) a de O Último Vermeer: do nada, como que por acaso, caem no colo de uma das mais famosas galerias de arte do mundo (de todos os tempos) em Nova Iorque, uma coleção gigante de quadros de grandes nomes do expressionismo abstrato.

Imagina que você um dia está trabalhando, é uma galerista famosa, e receba um telefonema de uma pessoa totalmente desconhecida dizendo que representa um bilionário que não quer aparecer e que pretende vender sua coleção com vários quadros dos mestres Pollock, de Kooning e Rothko.

Só que um detalhe: todos os quadros são desconhecidos e não catalogados, o que é um absurdo nesse mundo da arte.

A tal da galerista famosa, apesar dos pesares, se “encantou” com o achado, mandou autenticar os quadros como conseguiu e vendeu tudo por quase 90 milhões de dólares.

Os colecionadores piraram, as casas de leilão piraram, os museus piraram e ela, que já era super considerada, virou a rainha da cocada preta.

Até que tudo o que tinha dado certo deu errado.

Dizem quem deus está nos mínimos detalhes e que o diabo também está.

A primeira coisa que me deixa muito chocado quando assisto esses documentários sobre arte ridiculamente cara, como o Meu Rembrandt, que eu amo tanto, é exatamente ver a disponibilidade monetária do povo pra comprar essa arte e deixar em casa, como o bilionário francês que tinha 2 Rembrandts no seu quarto ou como um dos sócios da Sotheby’s e sua coleção absurda, que comprou um Pollock falso por mais de 10 milhões de dólares num piscar de olhos.

A segunda coisa que me deixa chocado é a cara de pau desse povo todo.

Não só dos milionários e sua ostentação toda mas também dos marchands que fazem qualquer coisa para descobrir uma arte perdida de algum mestre, inclusive falsificar, trair, roubar e daí pra baixo.

Se você gosta de uma bela história policial real, cheia de intrigas, mentiras, enganações e muito, muito dinheiro, não perca esse documentário.

NOTA: 🎬🎬🎬🎬

2 pensamentos sobre “058/2021 FAKE ART: UMA HISTÓRIA REAL

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s