149/2021 WIFE OF A SPY

Kiyoshi Kurosawa é um dos ótimos diretores japoneses em “ação”, com sua obra focada em filme de gênero.

Ele fez ótimos horrores e sua obra prima é Tokyo Sonata.

Wife of a Spy é a prova de que Kurosawa sabe fazer suspense e mais, sabe fazer um melodrama clássico.

O filme tem ares de uma boa novela, com uma história bem folhetinesca.

Mas não se deixe enganar: Wife of a Spy, Esposa de um Espião, é muito mais que isso.

O filme usa todos os arquétipos do melodrama com toques noir hollywoodiano da década de 1950: a esposa apaixonada, o marido com segredo, o policial durão amigo de infância da esposa, a estrela de cinema que some, a dúvida da traição, o estar no lugar certo na hora errada.

Só aí já contei o plot do filme, quando a mulher apaixonada começa a duvidar do seu marido cineasta porque seu amigo de infância policial acredita que o marido tenha matado a atriz de seu filme que seria sua amante.

A esposa fica ainda mais desconfiada porque o marido começa a agir de forma estranha depois de voltar de uma viagem a Manchúria.

Ah, claro, tudo isso se passa no início da Segunda Guerra Mundial, exatamente nos dias que eles ouvem no rádio que o Japão está se unindo a Alemanha e Itália, formando o Eixo.

O filme é o máximo, o elenco é deslumbrante e Kyioshi Kurosawa é um desses diretores que devem ser acompanhados de perto. Não por menos ele venceu o prêmio de melhor diretor no Festival de Veneza de 2020 com esse filme.

NOTA: 🎬🎬🎬🎬1/2

Resenha de 30 segundos ou menos:

Trailer:

2 pensamentos sobre “149/2021 WIFE OF A SPY

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s