251/2022 TINY CINEMA

Se você me acompanha por aqui (adoro começar assim um texto), talvez lembre de um dos meus filmes preferidos de 2020, o extremo Butt Boy.

Não lembra? Clica aqui, leia o que eu escrevi e volte para saber mais de Tiny Cinema, o novo filme do criador, roteirista, ator e diretor Tyler Cornack.

Disse lá 2 anos atrás que Cornak era meu novo herói cinematográfico e que se dinheiro tivesse eu produziria seu novo filme.

Pra minha e nossa sorte, ele está aqui com mais um petardo de mau gosto, mais um filme para deixar o espectador absolutamente desconfortável.

E olha, se bobear ele se superou, o que eu achava impossível depois de fazer um filme sobre um cara que tinha prazer em introduzir coisas em seu ânus. E coisas eu quero dizer qualquer coisa, inclusive seu cachorrinho de estimação, de tanto que ele o ama.

Tiny Cinema é uma coletânea de histórias horrorosas, todas escritas e dirigidas por Cornack e olha, que pessoa interessante é esse Tyler.

O legal é a cara de pau da produção toda, que em seu material de divulgação diz que o filme é sobre as maiores questões da vida como a morte, o amor, a vida em si e o futuro.

Só que tudo isso sob um ponto de vista desgraçado de horroroso.

São histórias sobre pessoas absurdas como o cara que só se excita sexualmente durante situações de crime, uma mulher que começa a namorar um cadáver que ela acha na rua ou a fofa que num primeiro encontra dá as cinzas do pai morto pro cara cheirar como se fosse cocaína.

Desta vez parece que o filme não é tão tosco na forma, mas filosoficamente ele chega co cúmulo do esgoto fílmico. E isso não poderia ser elogio melhor.

Tiny Cinema pertence a uma das grandes tradições de filmes de horror seriados, com o melhor narrador entre atos possível e com ótimas soluções estilísticas. Tudo sem perder o podre do diretor e sua trupe.

Minha primeira pergunta é: como um filme desses, assim como Butt Boy, consegue ser feito nos dias de hoje num país como os EUA?

Minha segunda pergunta é: como eu faço pra ser amigo desse pessoal todo?

Im. Per. Dí. Vel. E nojento, de mau gosto e grosseiro, muito grosseiro.

NOTA: 🎬🎬🎬🎬1/2

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s